follow me on Twitter

Post Aleatório

A Carregar...
Gadget by The Blog Doctor.

5.5.13

Livros sobre música que vale a pena ler (e que eu tenho, lol) - Cromo #29: Julian Cope - "Japrocksampler - How The Post-War Japanese Blew Their Minds On Rock 'n' Roll"


autor: Julian Cope
título: Japrocksampler - How The Post-War Japanese Blew Their Minds On Rock 'n' Roll
editora: Bloomsbury
nº de páginas:303
isbn: 978-0-7475-8945-7
data: 2007

sinopse:


Julian Cope, músico rock visionário e musicólogo, arqueólogo e antigo líder da banda new-wave Teardrop Explodes, traz-nos Japrocksampler. Até aos nossos dias, a barreira da linguagem tem feito a música japonesa do pós-guerra um enigma para nós, ocidentais. Julian sentiu o dever de nos fornecer a chave para essa porta injustamente fechada.

Esta é a história da chegada da música ocidental à costa japonesa depois da segunda guerra mundial, e da deliciosa mutilação que se seguiu. Desde “covers” pop instrumentais cromáticas dos Shadows, canções inspiradas em Bob Dylan, histórias do folk rok yoku, ninguém passou pela metamorfose contínua do rock ‘n’ roll duma forma tão fascinante e original como o que se passou no Japão.

Japrocksampler é uma exploração do embate entre os valores tradicionais, conservadores dos japoneses e os selvagens renegados do rock ‘n’ roll dos anos 60 e 70. Conta-nos a história de artistas-chave da cultura pós-guerra no Japão, desde os poetas itinerantes até aos violentos grupos de rock com uma inclinação para sequestros de aviões, e descreve-nos e dá-nos a conhecer os álbuns seminais do rock japonês de então.

Julian garante que este livro obrigará a quem o ler, repensar as suas atitudes face à música, arte, tempo – e até à própria vida.

louvores a Krautrocksampler (a outra “enciclopédia” que Julian escreveu, a propósito do rock alemão):
‘É um livro soberbo.. um livro extraordinário’ – NME
‘Um trabalho de paixão real e academismo desenvolvido’ – Rolling Stone
‘Que grande livro’ – John Peel
‘Investigação brilhante, krautrocksampler é abundante em revelações, e o entusiasmo de Cope abeira-se do letal... uma espécie de Lester Bangs lisérgico’ – Mojo
‘O minimalismo dos germânicos dos anos 70 invadiu a cena rock britânica... e o culpado é um inglês... krautrocksampler é uma história viva de um período fascinante, meio enciclopédia, meio história de detectives psicadélica’ – Sunday Times

NOTA: Em post a publicar em breve, colocarei a lista dos 50 melhores álbuns de Rock Japonês,  segundo Julian Cope listou no livro aqui apresentado, podendo disponibilizar muitos deles, a quem quiser ouvir.
Estejam pois atentos.







Sem comentários:

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...