follow me on Twitter

Post Aleatório

A Carregar...
Gadget by The Blog Doctor.

27.4.16

Memorabilia: Revistas / Magazines / Fanzines (205) - Op. - Nº 19 - Verão de 2006


Revista Op. (visões da matéria)
#19: Verão de 2006 : ano 6, 2006: 3.50€
60 páginas
papel maior que A4, toda a cores em papel de luxo brilhante.

Ver o enquadramento desta revista neste post


100 Discos Séc. XX (10)

Séc XX: 100 anos 100 discos

Rui Tentúgal, coordenador do suplemento Actual do jornal Expresso, e Uri Caine, um dos mais conceituados pianistas e compositores do jazz da última década, são os autores das listas dos 100 discos do séc. XX desta edição.

Rui Tentúgal
[Ficaram de fora 55 anos, 30 discos, 4’33” e o resto da discografia dos Pink Floyd]
Sonny Rollins “Saxophone Colossus” [Prestige, 1956]
Thelonius Monk “Thelonius Alone In San Francisco” [Riverside, 1959]
Miles Davis “Kind Of Blue” [Columbia, 1959]
Chrles Mingus “Mingus Ah Um” [Columbia, 1959]
John Coltrane “My Favorite Things” [Atlantic, 1961]
Albert Ayler Trio “Spiritual Unity” [Esp-Disk, 1964]
Albert Ayler “Spirits Rejoice” [Esp-Disk, 1965]
John Coltrane “A Love Supreme” [Impulse! 1965]
Jacqueline Du Pré “Haydn & Boccherini: Cello Concertos” [EMI, 1987]
Pierre Henry “Messe Poour Le Temps Présent” [Philips, 1967]
Pink Floyd “The Piper At The Gates Of Dawn” [Columbia, 1967]
The Velvet Underground & Nico “The Velvet Underground & Nico” [Verve, 1967]
The Jimi Hendrix Experience “Are You Experienced?” [Track Records, 1967]
The Rolling Stones “Beggars Banquet” [Decca, 1968]
Pink Floyd “A Saucerful Of Secrets” [Columbia, 1968]
The Rolling Stones “Let It Bleed” [Decca, 1969]
Pink Floyd “Ummagumma” [Harvest, 1969]
The Velvet Underground “The Velvet Underground” [MGM, 1969]
The Doors “Absolutely Live” [Elektra, 1970]
Pink Floyd “Atom Heart Mother” [Harvest, 1970]
Crosby, Stills, Nash & Young” “Déjà Vu” [Atlantic, 1970]
Janis Joplin “Pearl” [Columbia, 1971]
Pink Floyd “Meddle” [Harvest, 1971]
David Bowie “The Rise And Fall Of Ziggy Stardust And The Spiders From Mars” [RCA, 1972]
Lou Reed “Transformer” [RCA, 1972]
Alexis Weissenberg / Berliner Philharmoniker / Herbert Von Karajan “Rachmaninov – Piano Concerto Nº 2” [EMI, 1973]
Pink Floyd “The Dark Side Of The Moon” [Harvest, 1973]
José Afonso “Venham Mais Cinco” [Orfeu, 1973]
David Holland “Conference Of The Birds” [ECM, 1973]
Can “Soon Over Babaluma” [Spoon, 1974]
Keith Jarrett “The Köln Concert” [ECM, 1975]
Pink Floyd “Wish You Were Here” [Harvest, 1975]
Jonathan Richman & The Modern Lovers “Jonathan Richman & The Modern Lovers” [Beserkley, 1976]
Tom Zé “Estudando O Samba” [Continetal, 1976]
Weather Report “Heavy Weather” [Columbia, 1977]
Pink Floyd “Animals” [Harvest, 1977]
Sérgio Godinho “Pano-Cru” [Arnaldo Trindade, 1978]
The Clash “Londo Calling” [CBS, 1979]
Frank Zappa [Sheik Yerbouti” [Zappa Records, 1979]
John Surman “Upon Reflection” [ECM, 1979]
Pink Floyd “The Wall” [Harvest, 1979]
Sérgio Godinho “Campolide” [Arnaldo Trindade, 1979]
George Lewis “Homage To Charles Parker” [Black Saint, 1979]
Chico Buarque “Ópera Do Malandro” [Philips, 1979]
The Feelies “Crazy Rhythms” [Stiff, 1980]
The Clash “Sandinista” [CBS, 1980]
Bauhaus “In The Flat Field” [4AD, 1980]
Sérgio Godinho “Canto DA Boca” [Philips, 1981]
Penguin Cafe Orchestra “Penguin Cafe Orchestra” [EG Records, 1981]
Fausto “Por Este Rio Acima” [Sassetti, 1982]
José Mário Branco “FMI” [Edisom, 1982]
Simon And Garfunkel “The Concert In Central Park” [Warner Bros. 1982]
Philip Glass “The Photographer” [CBS, 1983]
Virginia Astley “From The Gardens Where We Feel Secure” [Rough Trade, 1983]
Violent Femmes “Violent Femmes” [Slash Records, 1983]
Pink Floyd “The Final Cur” [EMI, 1983]
Wim Mertens “Maximizing The Audience” [Les Disques Du Crépuscule, 1984]
Laurie Anderson “United States Live” [Warner Bros. 1984]
David Byrne “Music For “The Knee Plays”” [Regal Zonophone, 1985]
Vários “Lost In The Stars – The Music Of Kurt Weill” [A&M, 1985]
Dead Can Dance “Spleen And Ideal” [4AD, 1986]
Head “A Snog On The Rocks” [Diabolo Records, 1987]
Meredith Monk “Do You Be” [ECM, 1987]
Pixies “Come On Pilgrim” [4AD, 1987]
Pink Floyd “A Momentary Lapse Of Reason” [EMI, 1987]
Mler Ife Dada “Coisas Que Fascinam” [Polydor, 1987]
The Woodentops “Hypnobeat Live” [Rough Trade, 1987]
Pixies “Surfer Rosa” [4AD, 1988]
Ry Cooder “Paris, Texas – Original Motion Picture Soundtrack” [Warner Bros., 1988]
Heiner Goebbels / Heiner Müller “Der Mann Im Fahrstuhl / The Man In The Elevator” [ECM, 1988]
Jan Garbarek “Legend Of The Seven Dreams” [ECM, 1988]
Naked City “Naked City” [Elektra / Nonesuch, 1990]
Pixies “Bossanova” [4AD, 1990]
Alvin Lucier “I Am Sitting In A Room” [Lovely Music, 1990]
Lou Reed / John Cale “Songs For Drella” [Sire / Warner Bros., 1990]
Angelo Badalamenti “Music For “Twin Peaks”” [Warner Bros, 1990]
Nirvana “Nevermind” [David Geffen Company, 1991]
U2 “Achtung Baby” [Island, 1991]
Repórter Estrábico “Uno Dos” [Polygram, 1991]
Marisa Monte “Mais” [World Pacific, 1991]
Tom Zé “The Hips Of Tradition” [Luaka Bop, 1992]
Adriana Calcanhoto “Senhas” [Columbia, 1992]
Baltimore Symphony Orchestra / David Zinman “Samuel Barber – Adagio For Strings” [Argo, 1992]
R.E.M. “Automatic For The People” [Warner Bros., 1992]
Zbigniew Preisner “Trois Couleurs: Bleu” [Virgin, 1993]
Heiner Goebbels “Shadow / Landscape With Argonauts” [ECM,  1993]
Gavin Bryars with Tom Waits “Jesus’ Blood Never Failed Me Yet” [Point Music, 1993]
Pink Floyd “The Division Bell” [EMI, 1994]
Repórter Estrábico “Ibigo” [Numérica, 1994]
Pere Ubu “Raygun Suitcase” [Cooking Vinyl, 1995]
Moondog Jr. “Everyday I Wear A Greasy Black Feather On My Hat” [Island, 1995]
PJ Harvey “To Bring You My Love” [Island, 1995]
Tortoise “Millions Now Living Will Never Die” [City Slang, 1996]
DJ Shadow “Entroducing...” [Mo’Wax, 1996]
Robert Wyatt “Shleep” [Hannibal Records, 1997]
Ground-Zero “Plays Standards” [Nani Records / Disk Union, 1997]
Echo & The Bunnymen “Evergreen” [London Records, 1997]
Mercury Rev “Deserter’s Songs” [V2, 1998]
Bonnie ‘Prince’ Billy “I See A Darkness” [Palace Records, 1999]
Eminem “The Marshall Mathers LP” [Interscope Records, 2000]

Uri Caine
[100 of my favorite recordings*]
Miles Davis “Round About Midnight” [Columbia, 1956]
Miles Davis “Kind Of Blue” [Columbia, 1959]
Miles Davis “Nefertiti” [Columbia, 1967]
Miles Davis “On The Corner” [Columbia, 1972]
Bill Evans “Live At The Village Vanguard” [Riverside, 1961]
Bill Evans “Conversations With Myself” [Verve, 1963]
Jimi Hendrix “Are You Experienced?” [MCA, 1967]
Jimi Hendrix “Electric Ladyland” [MCA, 1968]
Prince “1999” [Warner Bros., 1983]
John Coltrane “Crescent” [Impulse!, 1964]
John Coltrane “Ascension” [Impulse!, 1965]
Igor Stravinsky “Complete Works Conducted By Stravinsky” [Sony, 1999]
Thelonius Monk “Underground” [Columbia, 1967]
Thelonius Monk “Genius Of Modern Music” [Blue Note, 1947]
Aretha Franklin “Aretha’s Gold” [Atlantic, 1969]
Aretha Franklin “Amazing Grace” [Atlantic, 1972]
Charlie Parker “Bird & Diz” [Clef, 1950]
Charlie Parker “Confirmation: The Best Of The Verve Years” [Verve, 1995]
Louis Armstrong “Hot Fives And Sevens, 1925-1929” [JSP, 1999]
Duke Ellington “Jack The Bear” [single Victor, 1939]
Duke Ellington “Concerto For Cootie” [single Victor, 1939]
Herbie Hancock “Speak Like A Child” [Blue Note, 1968]
Herbie Hancock “The Prisoner” [Blue Note, 1969]
Chick Corea “Now He Sings Now He Sobs” [Solid State, 1968]
Brecker Bros. “Brecker Bros.: Some Skunk Funk” [Arista, 1975]
McCoy Tyner “Reaching Forth” [Impulse!, 1963]
McCoy Tyner “Time For Tyner” [Blue Note, 1968]
Keith Jarrett “Facing You” [ECM, 1971]
Keith Jarrett “The Köln Concert” [ECM, 1975]
Fats Waller “Honeysuckle Rose, 1922-1943” [Living Era, 2004]
V/A “Le Mystere Des Voix Bulgares” [Nonesuch, 1986]
Ramnad Krishnan “Vidwan: Music Of South India” [Nonesuch, 1988]
Cecil Taylor “Air” [Candid, 1960]
Cecil Taylor “Silent Tongues” [1201 Music, 1974]
Weather Report “Black Market” [Columbia, 1976]
Sun Ra And The Arkestra “Jazz By Sun Ra” [Transition, 1956]
Elis Regina “Greatest Hits” [Disky, 2005]
Wayne Shorter “Native Dancer” [Columbia, 1974]
Wayne Shorter “The All Seeing Eye” [Blue Note, 1965]
Antonio Janigro / SWF-Sinfonieorchester Baden-Baden “Gyorgy Ligeti – Atmospheres” [Wergo, 1988]
Arditti String Quartet “Gyorgy Ligety – String Quartets” [Wergo, 1988]
George Crumb “Ancient Voices Of Children” [Elektra, 1971]
Concord String Quartet “George Rochberg – String Quartet no. 3” [Nonesuch, 1974]
Pierre Boulez “Anton Webern – Complete Works Conducted By Boulez” [Deutsche Grammophon, 2000]
Ricardo Chailly “Edgard Varèse – Complete Works” [Decca, 1998]
Juilliard String Quartet “Bartok – The Six String Quartets” [Sony, 1997]
Pierre Boulez /Ensemble Intercontemporain “Boulez – Le Marteau Sans Maitre” [Deutsche Grammophon, 2005]
Public Enemy “Greatest Hits” [Def Jam, 2005]
Sex Pistols “Never Mind The Bollocks” [Warner Bros., 1977]
The Stick Men “This Is The Master Brew” [Phantom Plaything, 1982]
Eddie Palmieri “The Sun Of Latin Music” [Coco, 1973]
Sam Cooke “Best Of Sam Cooke” [RCA, 1962]
Tito Puente “King Of Kings – The Very Best Of Tito Puente” [Buddah, 2002]
Bob Dylan “Blowin’ In The Wind” [single Columbia, 1962]
Big Dady Kane “Long Live To The Kane” [Cold Chillin’, 1988]
Beatles “Revolver” [Capitol, 1966]
Frank Zappa / Ensemble Modern “Yellow Shark” [Rykodisc, 1993]
Frank Zappa “Hot Rats” [Rykodisc, 1969]
Jelly Roll Morton “Red Hot Peppers 1 & 2” [Riverside, 1954]
Freddie Hubbard “Ready For Freddie” [Blue Note, 1961]
Ray Charles “Greatest Hits” [Sandstone Music, 1992]
Elliot Carter “String Quartets 1 & 2” [Nonesuch, 1992]
Milton Nascimento “Greatest Hits” [Polygram Brazil, 1999]
Jaco Pastorius “Word Of Mouth” [Warner Bros., 1981]
Charles Mingus “Fables Of Faubus” [Four Star, 1964]
Joe Henderson “Inner Urge” [Blue Note, 1964]
Joe Henderson “The State Of The Tenor – Live At The Village Vanguard 1 & 2” [Blue Note, 1985]
Larry Young “Unity” [Blue Note, 1965]
Mary Lou Williams “Zodiac Suite” [Smithsonian Folkways, 1945]
Count Basie And His Orchestra Featuring Lester Young “Lester Lips In” [Epic, 1955]
Carl Stalling “Music From Warner Bros. Cartoons 1936-58, Compiled By John Zorn” [Warner Bros., 1990]
Leonard Bernstein “Gustav Mahler – The Complete Symphonies” [Deutsche Grammophon, 1998]
Leonard Berstein “Charles Ives – Symphonies” [Sony, 1998]
James Brown “Live At The Apollo” [Polydor, 1963]
Guy “Guy” [MCA, 1990]
Marvin Gaye “Sexual Healing” [single Columbia, 1982]
Stevie Wonder  “Innervisions” [Motown, 1973]
Stevie Wonder “Songs In The Key Of Life” [Motown, 1976]
Frank Sinatra “Francis Albert Sinatra & António Carlos Jobim” [Reprise, 1967]
Terry Riley “In C” [Celestial Harmonies, 1989]
Olivier Messiaen “Turangalila” [RCA, 1967]
Glenn Gould “Bach – The Goldberg Variations” [Columbia, 1955]
Glenn Gould “Schoenberg – Piano Works” [Sony Classical, 1995]
George Szell / Robert Casadesus “Play Mozart’s Piano Concerts – L’Amitié Musicale” [reed. Sony Classical, 1997]
Morton Subotnick “Silver Apples Of The Moon / The Wild Bull” [Wergo, 1978]
Pink Floyd “Dark Side Of The Moon” [Capitol, 1973]
Steve Coleman And Five Elements “On The Edge Of Tomorrow” [jMT, 1986]
Elvis Presley “Heartbreak Hotel” [single RCA Victor, 1956]
Earl Wild “ George Gershwin – Rhapsody In Blue Played By Earl Wild” [CBS, 1990]
Liberace “Greatest Hits” [Kala, 2006]
Arturo Benedetti Michaelangelli “Plays Chopin” [Aura, 1967]
Sarah Vaughan “I Wana Play Houde” [single Mercury, 1954]
Chubby Checker “Twist And Shout” [single Parkway, 1962]
Billie Holiday “Strange Fruit” [single Commodore, 1939]
New York Philharmonic Orchestra / Swingle Singers / Leonard Bernstein “Luciano Berio – Sinfonia” [CBS, 1969]
Shoshana Damarti “Yemenite Folk Songs” [Vanguard, 1961]
Steve Reich “Tehilim” [ECM, 1982]
Joni Mitchell “Blue” [Reprise, 1971]
Joni Mitchell “Court And Spark” [Elektra, 1974]
Robert Johnson “Hellbound On My Trail – The Essential Recordings” [Indigo, 1995]
Leonard Bernstein / Stephen Sondheim “West Side Story – Original Broadway Cast” [CBS, 1957]
* Algumas datas referem-se às edições originais e outras, sempre que possível, a edições ainda disponíveis em CD, nomeadamente no caso das colectâneas e do repertório erudito.












21.4.16

Memorabilia: Revistas / Magazines / Fanzines (204) - Op. - Nº 25 - Inverno de 2007


Revista Op. (visões da matéria)
#25: Inverno de 2007 : ano 7, 2007: 3.50€
68 páginas
papel maior que A4, toda a cores em papel de luxo brilhante.

Ver o enquadramento desta revista neste post


100 Discos do Séc. XX (15)

Séc XX: 100 anos / 100 discos

Lindstrom

[100 álbuns from here to eternity]
Abba “Arrival” [Polydor, 1976]
Abba “The Visitor” [Atlantic, 1981]
Abba “Voulez Vous” [Epic, 1979]
Air “Moon Safari” [Virgin, 1998]
Alice Cooper “Welcome To My Nightmare” [Anchor, 1975]
Alphaville “Forever Young” [WEA, 1984]
Aretha Franklin “Young, Gifted And Black” [Atlantic, 1971]
Ashra “Blackouts” [Virgin, 1978]
Barbra Streisand “Guilty” [CBS, 1980]
The Beach Boys “Friends” [Capitol, 1968]
The Beach Boys “Pet Sounds” [Capitol, 1968]
Beastie Boys “Paul´s Boutique” [Capitol, 1989]
The Beatles “Abbey Road” [Parlophone, 1969]
The Beatles “Revolver” [Parlophone, 1966]
Beck “Odelay” [Geffen, 1996]
Bee Gees “Main Course” [RSO, 1975]
Bob Dylan “Blond On Blonde” [CBS, 1967]
Bob Dylan “The Freewheelin” [CBS, 1963]
Bob Dylan “Hard Rain” [CBS, 1976]
Bob Dylan “Oh Mercy” [CBS, 1989]
Boney M “Take The Heat Off Me” [Hansa, 1976]
Brian Eno / David Byrne “My Life In The Bush Of Ghosts” [Sire, 1981]
Buckingham Nicks “Buckingham Nicks” [Polydor, 1973]
The Byrds “Notorious Byrd Brothers” [CBS, 1968]
The Byrds “Younger Than Yesterday” [Columbia, 1967]
Cerrone 3 “Supernature” [Malligator, 1977]
Crosby, Stills, Nash and Young “Dejà Vu” [Atlantic, 1970]
Cyndi Lauper “She’s So Unusual” [Portrait, 1983]
Daniel Lanois “Acadie” [Opal, 1989]
David Bowie “Diamond Dogs” [RCA, 1974]
David Bowie “Hunky Dory” [RCA, 1971]
David Crosby “If Only I Remember My Name” [Atlantic, 1971]
Deep Purple “In Rock” [Harvest, 1970]
Dennis Wilson “Pacific Ocean Blue” [Caribou, 1977]
Diana Ross “Everything Is Everything” [Motown, 1970]
Dire Straits “Brothres In Arms” [Vertigo, 1985]
Donny Hathaway “Donny Hathaway” [ATCO, 1971]
Dr. John “Gris Gris” [ATCO, 1968]
Eagles “Hotel California” [Asylum”, 1976]
Earth, Wind & Fire “All ‘n All” [Columbia, 1977]
Electric Light Orchestra “Time” [Jet, 1981]
Frank Zappa “Overnite Sensation” [Discreet, 1973]
Frank Zappa “Roxy & Elsewhere” [Discreet, 1974]
Funkadelic “Electric Spanking Of War Babies” [Warner, 1981]
Grace Jones “Nightclubbing” [Island, 1981]
Grateful Dead “Terrapin Station” [Arista, 1977]
Gwen Guthrie “Padlock” [Garage, 1983]
Holger Czukay “Movies” [Harvest, 1980]
Jackson 5 “Get It Together” [Tamla Motown, 1973]
Jaco Pastorius “Jaco Pastorius” [Epic, 1976]
Jethro Tull “Songs From The Wood” [Chrysalis, 1977]
Jimi Hendrix “Axis Bold As Love” [Reprise, 1967]
Joni Mitchell “Court And Spark” [Asylum”, 1974]
Kano “Kano” [Emergency, 1980]
Kiss “Destroyer” [Casablanca, 1976]
Klaus Schulze “Transfer Station Blue” [Fortuna, 1984]
Kraftwerk “Trans Europe Express” [Capitol, 1977]
Lamont Dozier “Peddlin’ Music On The Side” [Warner, 1977]
Led Zeppelin “Houses Of The Holy” [Atlantic, 1973]
Led Zeppelin “Physical Grafitti” [Swan Song, 1975]
Lil Louis “From The Mind Od Lil Louis” [Diamond, 1989]
Madonna “First Album” [Sire, 1983]
Manuel Gottsching “E2-E4” [Inteam, 1984]
Michael Jackson “Off The Wall” [Epic, 1979]
Mtume “Juicy Fruit” [Epic, 1983]
Nik Kershaw “Human Racing” [MCA, 1984]
Pat Metheny Group “American Garage” [ECM, 1979]
Paul McCartney “Ram” [Apple, 1971]
Peter Gabriel “2” [Charisma, 1978]
Pink Floyd “A Momentary Lapse Of Reason” [EMI, 1987]
Pink Floyd “Dark Side Of The Moon” [Harvest, 1973]
Prince “Around The World In A Day” [Paisley Park, 1985]
Prince “Dirty Mind” [Warner, 1980]
Prince “For You” [Warner, 1978]
Queen “Hot Space” [Elektra, 1982]
Queen “I” [EMI, 1973]
Queen “II” [EMI, 1974]
Queen “Jazz” [EMI, 1978]
Radiohead “OK Computer” [EMI, 1997]
Rainbow “Difficult To Cure” [Polydor, 1981]
Ramsey Lewis “Mother Nature’s Son” [Chess, 1968]
Reo Speedwagon “You Can Tune A Piano But You Can’t Tune A Fish” [Epic, 1978]
Rinder & Lewis “Seven Deadly Sins” [Hispavox, 1977]
Rotary Connection “Hey Love” [Cadet, 1971]
Roxy Music “Avalon” [E’G, 1982]
Shuggie Otis “Inspiration Information” [CBS, 1974]
Supertramp “Breakfast In America” [A&M, 1979]
Susan Cadogan “Hurts So Good” [Trojan, 1976]
Tantra “The Double Album” [Importe/12, 1980]
Terje Rypdal “The Singles Collection” [ECM, 1989]
The High Llamas “Gideon Gaye” [V”, 1994]
Thin Lizzy “Chinatown” [Vertigo, 1980]
Tim Buckley “Goodbye And Hello” [Elektra, 1967]
Todd Rundgren “A Wizard, A True Star” [Bearsville, 1974]
Van Dyke Parks “Discover America” [Warner Bros, 1972]
Walter Gibbons “Disco Madness” [Salsoul, 1979]
XTC “Skylarking” [Geffen, 1986]
Zombies “Odissey & Oracle” [Date, 1969]

Yen Sung

[My Favorite Things]
4Hero “Starchasers” [single Talkin’ Loud, 1998]
A Tribe Called Quest “Midnight Marauders” [Jive, 1993]
A Tribe Called Quest “People’s Instictive Travels And The Paths Of Rhythm” [Jive, 1990]
A Tribe Called Quest “The Love Movement” [Jive, 1998]
Al Green “Let’s Stay Togheter” [The Right Stuff, 1972]
Aretha Franklin “I Say A Little Prayer” [single Atlantic, 1969]
Aretha Franklin “Aretha’s Greatest Hits” [Atlantic, 1971]
Beastie Boys “Paul’s Boutique” [Capitol, 1989]
The Beatles “Help!” [Capitol, 1965]
Ben E. King “SuperNatural” [Atlantic, 1975]
Billie Holiday “Billie Holiday vol. II” [Commodore, 1950]
Black Magic “Freedom” [maxi Strictly Rhythm, 1996]
The Blackbirds “The Blackbirds” [A&M, 1974]
Bob Marley “Turn Your Lights Down Low” [single Tuff Gong, 1977]
The Clash “London Calling” [Epic, 1979]
Common “The Light” [maxi MCA, 2000]
The Crusaders “Street Life 1300E.” [MCA, 1979]
Curtis Mayfield “Super Fly” [Curtom, 1972]
D’Angelo “Voodoo” [EMI, 2000]
De La Soul “3 Feet High And Rising” [Tommy Boy, 1989]
Deborah Cox “Sentimental” [maxi Arista, 1995]
DJ Krush “Krush” [Chance, 1994]
DJ Sahdow “What Does Your Soul Look Like” [EP Mo’Wax, 1994]
Dodge City Productions “Unleash Your Love” [Warner, 1993]
Donald Byrd “Dominoes” [maxi Blue Note, 1975]
Donny Hathaway “Everything Is Everything” [Atlantic, 1970]
Eric B. & Rakim “Paid In Full” [Island, 1987]
Eramus Hall “Your Love Is My Desire” [Westbound, 1980]
Erykah Badu “Baduizm” [Universal, 1997]
Frankie Knuckles – “Tears” [maxi FFRR, 1988]
Fugees “The Score” [Ruffhouse, 1996]
Funkadelic “Uncle Jam Wants You” [Warner, 1979]
Gang Starr “Moment Of Truth” [Cool Tempo, 1987]
Geraldine Hunt “No Way” [Prism, 1980]
Gil Scott-Heron / Brian Jackson “Winter In America” [Strata East, 1973]
Goldie “Inner City Life” [maxi Metalheadz, 1994]
Grace Jones “Nightclubbing” [Island, 1981]
Guru “Jazzmatazz” [Cool Tempo, 1993]
Gwen Guthrie “Good To Go Lover” [Polydor, 1986]
Gwen McCrae “Rockin’ Chair” [single Cat, 1975]
Herbie Hancock “Future Shock” [Columbia, 1983]
Isaac Hayes “Joy” [Stax, 1973]
James Brown “The Payback” [Polydor, 1973]
Jeff Buckley “Grace” [Columbia, 1994]
John Coltrane “A Love Supreme” [Impulse, 1964]
John Coltrane “Blue Train” [Blue Note, 1977]
Johnny Guitar Watson “Ain’t That Bitch” [Collectables, 1976]
Jungle Brothers “Straight Out The Jungle” [BMF, 1988]
KC & The Sunshine Band “I Get Lifted” [single T.K. 1975]
Kelis “Kaleidoscope” [Viking, 1999]
Keni Burke “Changes” [RCA, 1981]
King Britt “When The Funk Hits The Fan” [Sony, 1997]
Kruder & Dorfmeister “G-Stoned EP” [G-Stone, 1993]
Lauryn Hill “The Miseducation Of Lauryn Hill” [Columbia, 1998]
Liberty City “If You Really Love Someone” [maxi Murk, 1994]
Lil Louis “French Kiss” [maxi LL, 1989]
Lonnie Liston Smith “Expansions” [Flying Duck, 1974]
Malcolm McLaren & The World Famous Supreme Team Show “Scratchin” [Charisma, 1984]
Marvin Gaye “What’s Going On” [Motown, 1973]
Mary J. Blige “What’s The 411” [Universal, 1992]
Massive Attack “Blue Lines” [Circa, 1991]
Massive Attack “Protection” [Circa, 1994]
Masters At Work “The Album” [Cutting, 1993]
Michael Jackson “Off The Wall” [Epic, 1979]
Michael Jackson “Thriller” [Epic, 1982]
Mighty Ryeders “Help Us Spread The Word” [Sun Glo, 1978]
Miles Davis “Kind Of Blue” [Columbia, 1959]
Minnie Riperton “Adventures In Paradise” [Epic, 1975]
Mos Def “Umi Says” [maxi Rawkus, 2000]
Mr. Fingers “Introduction” [MCA, 1992]
Nas “Illmatic” [Sony, 1994]
Nina Simone “I Put A Spell On You” [Mercury, 1965]
Nuyorican Soul “Nuyorican Soul” [Talkin’ Loud, 1997]
Prince “1999” [Warner, 1982]
Prince “Controversy” [Warner, 1981]
Prince “Lovesexy” [Warner, 1988]
Public Enemy “It Takes A Nation Of Millions To Hold Us Back” [Def Jam, 1988]
Public Enemy “Yo! Bum Rush The Show” [Def Jam, 1987]
Public Enemy “Fear Of A Black Planet” [Def Jam, 1990]
Robert Owens “I’ll Be Your Friend” [maxi Perfecto, 1991]
The Rolling Stones “Emotional Rescue” [Warner, 1980]
Roxanne Shante “Def Mix Vol. I” [Pop Art, 1985]
Roy Ayers “Ubiquity” [Polydor, 1971]
Rufus & Chaka” “Master Jam” [MCA, 1979]
Rufus & Chaka Khan “Stay” [single Warner, 1979]
Run DMC “Raising Hell” [Profile, 1986]
Sheila E “A Love Bizarre” [maxi Paisley Park, 1985]
Soul II Soul “Keep On Movin” [maxi Virgin, 1989]
Steely Dan “The Royal Scam LP” [ABC, 1977]
Stetsasonic “In Full Gear” [Tommy Boy, 1988]
Stevie Wonder “Innervisions” [Motown, 1973]
Stevie Wonder “Songs In The Key Of Life” [Motown, 1976]
Super Wax “World Of Today” [Atlantic, 1977]
Tom Waits “Rain Dogs” [Island, 1985]
Womack & Womack “Conscience” [Island, 1988]
Wu-Tang Clan “Enter The Wu-Tang” [BMG, 1993]
Young Disciples “Road To Freedom” [Talkin’ Loud, 1991]





13.4.16

Memorabilia: Revistas / Magazines / Fanzines (203) - Unknown Town - #4


UNKNOWN TOWN
Nº 4 - Ano 2 - 1998 - Viseu
16 páginas policopiadas a p/b (A5 dobrado em A5)

Edição: Sadness Productions
Design & Concepção: HCampos & N.F.P.
Textos: Nuno Pereira, José Rocha, Ivo e Peres
Fotos: N.P. (fotos de bandas) e F. Poço (Desportos Alternativos)
Impressão e Montagem: Melancolic Studio
Tiragem: 300 exemplares
Preço de Capa: 50$
Contacto:
...



Editorial
Sejam então bem vindos ao número 4 desta zine de Viseu.
Neste novo registo da Unknown Town temos algumas novidades, mais quatro páginas que implica mais matérias que espero que seja do agrado de todos os leitores. Na capa temos mais uma vez um trabalho conjunto de NP e HC. Nas primeiras páginas reincidimos nos Shiver que deu uma grande projecção da cidade Viseu ao ganhar o concurso de metal "Don't stop le metal" em Vizela. Isto porque é um reconhecimento do trabalho que se vai realizando ao longo dos tempos não só importante para moralizar internamente (ego) mas também para dar a mostrar aos outros das capacidades do trabalho realizado. Segue-se a rubrica habitual Curtas & Directas com um destaque ao ultimo cd dos Bizarra Locomotiva. Temos ainda um texto sobre o maior festival de música em Portugal que este ano contou com a excelente e expoente máximo da música os Portishead.
Contamos com mais Foto Grafiti, (fotos exclusivas) Diz-que-diz, Letras de música neste número dedicado a Manchester.
Podemos contar ainda com um texto sobre Vegetarianos e o festival de metal em Mangualde. Importante referir que as fotos aqui expostas estão na nossa página da net (com um pouco mais de qualidade).
Ultima mensagem é a de sempre, estarem bem com vocês próprios, fazerem o que acham certo, não darem atenção á hipocrisia das pessoas e da sociedade e lutarem pelos seus próprios ideais.
Boas audições, boas leituras e passem pelo vosso cinema preferido. Até sempre.
Nuno Filipe Pereira

Bizarra Locomotiva
"Bestiário", após dois longos anos arranjos e de produção deste novo trabalho de originais, este está pronto a ser recebido e aclamado por todos os fãs. Este novo registo da banda é uma nova fase na carreira do grupo já caracterizada pela maturidade sonora e pela experiência adquirida ao longo dos anos e concertos na estrada realizados um pouco por todo o lado. Com um novo elemento, Miguel Fonseca que é parte integrante dos Thormenthor adicionou aos Bizarra os seus já habituais riffs metálicos contribuindo para uma outra sonoridade melhorada na secção rítmica.
As vocalizações grotescas de Sidónio estão cada vez mais poderosas e alternam-se por vezes com suaves vocalizações de Armando Teixeira, definindo dois antagónicos pólos e que resultam bem. A componente ambiente e melódica não foi deixada ao acaso, atribuindo um carácter mais abrangente e atractivo, apesar da temática sobre este registo ser "bestiário". Este registo poderá considerar-se um disco rock em que as conotações ao metal e ao pop encontram-se camufladas e estabelecem em certos temas elos importantes. Com doze temas "bestiário" consegue demonstrar o seu próprio estilo, fazendo com que os Bizarra conseguissem sobreviver e demarcar-se a grupos como Young Gods e aos movimentos do rock alternativo.
NF





9.4.16

Memorabilia: Revistas / Magazines / Fanzines (202) - Crepusculi Aurora - #1


Crepusculi Aurora
#1 - Fevereiro 1998
Fanzine de produção cuidada.
40 páginas encadernadas, A5
Papel branco "grosso" , tudo a p/b, excepto capa e página 2.


Editorial
Inicialmente previsto para sair no Solstício de Inverno do ano transacto, só agora, e devido a atrasos de diversa ordem, sai o primeiro número de Crepusculi Aurora.
A intenção foi, e continua a ser, apresentar uma publicação que represente uma alternativa à cultura de massas e à aridez criativa e espiritual da nossa sociedade, através da divulgação das raízes culturais europeias e de formas artísticas (nomeadamente música, poesia e fotografia) que se enquadrem no rferido espírito da publicação.
Talvez as minhas intenções não tenham ganho forma da maneira que eu próprio mais apreciaria. Mas, mais do que a mim, cabe a vós uma análise crítica sobre esta publicação.
Finalmente, os meus agradecimentos a todos aqueles que tornaram possível a sua edição. Um agradecimento especial ao Rui Resendes, Ricardo Machado, Rui C. e B. Ardo.
Bom apetite!
Luís Couto
Ponta Delgada
Açores


Allerseelen


 Foi em 1989 que Kadmon, depois de uma breve passagem pelos Zero Kama e de ter sido D.J. em Viena, virou-se para a criação pessoal, tendo fundado o projecto musical Allerseeelen. Influenciado pela corrente das músicas industriais - de DAF a Throbbing Gristle - a música de Allerseelen transcende as limitações da música industrial, acrescentando-lhe novas sonoridades (numa entrevista à publicação "Nursery", Kadmon revelou que, para além do seu interesse na música industrial, também ouve muita música do Tibete, de Marrocos e da Idade Média) e um pulsar orgânico, aventurando-se por caminhos rituais pós-industriais.
Allerseelen significa "festa dos mortos" em austríaco. A festa dos mortos é uma festividade celta, celebrada na noite de 31 de Outubro para 1 de Novembro, que marca o início do ano celta. Nesta noite, o tempo não pertence nem ao ano que passou nem ao que se inicia, repetindo-se esta indistinção na ausência de fronteiras entre o reino dos mortos e o dos vivos.
As primeiras obras de Allerseelen foram apresentadas em cassete que, na altura, era um dos principais, para não dizer o principal, meio de difusão de novas sonoridades.
Desta fase ficaram quatro registos: "Autdaruta", dedicado ao xamã com o mesmo nome que perdeu todos os seus poderes mágicos após a sua conversão às crenças cristãs, e que consiste em rituais sonoros criados com instrumentos como flauta, ossos, baixo, sintetizador, lobos e corvos; "Schwartzer Rab", que é o acompanhamento musical de um drama teatral representado em Viena em 1989; "Requiem", baseado na "festa dos mortos" celta; e "Auslese", uma antologia de material apagado (principalmente) gravado em 1989.
"Cruor", editado em Julho de 1994, marca a estreia de Allerseelen em formato digital e é uma antologia que contém o melhor das cassetes anteriormente gravadas, e algumas faixas inéditas. A capa de "Cruor" mostra um santuário subterrâneo de Mithras em Roma e o próprio CD contém uma imagem da divindade Mithras sacrificando um touro.
Fevereiro de 1995 trouxe um novo CD "Gotos = Kalanda". As letras deste álbum foram retiradas de "Gotos = Kalanda", um ciclo de doze poemas espirituais dedicados aos doze meses do ano escritos pelo poeta e ocultista austríaco Karl Maria Wiligut (1866-1946). Estes poemas foram originalmente publicados no Solstício de Inverno de 1937 num pequeno folheto e testemunham um sereno vínculo pagão à terra e à natureza e uma grande confiança no curso da vida. A capa do CD mostra o salão de mármore do castelo de Wewelsburg: um quarto sagrado dodecagonal que se ergue sobre uma cripta também dodecagonal. No centro do quarto encontra-se o símbolo do "Sol Escuro" (Black Sun) com doze raios e doze runas. Este emblema simboliza a realidade invisível que se encontra por detrás das cenas do mundo visível e tornou-se no sinal distintivo de Allerseelen desde 1991.


No passado ano foi editado o terceiro CD - "Sturmlieder" (que também é o título de um dos volumes da fascinante publicação - Aorta - que Kadmon produz, e que trata de bruxas inglesas que conjuraram uma tempestade para prevenir um ataque aéreo alemão durante a 2ª Guerra Mundial) do qual poderão encontrar uma crítica neste número.
Para além dos trabalhos atrás referidos, vários temas de Allerseelen poderão ser encontrados em diversas compilações. Uma lista das participações de Allerseelen em compilações poderá ser encontrada na discografia fornecida no final.


Fora a sua actividade musical, Kadmon produz duas publicações cuja leitura recomendo vivamente - "Aorta" e "Ahnstern" (que não é mais do que uma continuação da referida "Aorta"). Ambas as publicações são bilingues (em alemão e inglês) e reflectem os seus interesses pessoais, misturando geralmente factos com reflexão pessoal. Cada volume de "Aorta" e "Ahnstern" é dedicado apenas a um assunto, apresentando, entre outros, trabalhos sobre o pintor alemão Fidus, as obras de Ernst Jünger sobre a 1ª Guerra Mundial, a artista surrealista Leonora Carrington, cerimónias católicas com origem em celebrações pagãs, o Mitraísmo, a escatologia na medicina e na alquimia, e entrevistas a figuras como o percussionista Z'ev, o realizador americano Kenneth Anger ou a Varg Vikernes (Burzum).
Influenciado pelos escritos e pelas ideias de Antonin Artaud, Friedrich Nietzsche, Aleister Crowley e Julius Evola (para só referir alguns), pelo surrealismo e por realizadores como Kenneth Anger, Jean Cocteau ou Alejandro Jodorowsky (que realizou o filme "Santa Sangre", que inspirou a faixa com o mesmo título, incluída na compilação Im Blutfeuer), Kadmon vê a sua arte como magia, considerando esta como o triunfo do espírito sobre a matéria e, consequentemente, sobre a estagnação.
Kadmon considera-se um trovador "tecnosófico", um trovador que faz uso das possibilidades tecnológicas do mundo moderno, de forma a reatar as cosmologias da antiguidade e da Idade Média. Para ele, uma atitude marcial, totalitária é essencial em todas as áreas da vida: é uma ética essencial para os artistas, para os Homens que buscam a espiritualidade, para todos aqueles que pesquisam debaixo da superfície, sobreviverem no nosso mundo decadente.
No mundo musical e cosmológico de Allerseelen há o encontro do mito com o mundo moderno, da tradição com o "avantgarde", do arcaísmo com a idade nuclear. Tanto o trabalho musical, como o desenvolvido nas suas publicações (que são duas expressões que se completam e enriquecem) fazem parte de um "avantgarde conservador" que projecta uma vitória sobre o materialismo plutocrático por uma nova religiosidade panteísta como existia na antiguidade pagã. Para Kadmon, a arte do futuro, a arte da sobrevivência, consiste em unir de novo os mundos da matéria e do espírito, da natureza e da cultura, do materialismo e da espiritualidade, mundos estes que estão separados há diversos séculos.



Discografia:
1994 "Cruor" CD
1995 "Gotos = Kalanda" CD
1997 "Sturmlieder" CD

Participações em compilações:
"Death Odors 1" com Santa Muerte
"Taste This 3" com Cruor
"Taste This 5" com Konnersreuth
"In Stahlgewittern" com Eiserne Avantgarde
"Im Blutfeuer" com Santa Sangre
"Onore Alle Arti" com Wintersonnenwende
"Knights Of Abyss" com Gibhard In Stahlgewittern
"Mysteria Mithrae" com Bluttaufe
"L'Ordre Et Le Chaos" com Brachmond

Nota: Recentemente, encontrei num catálogo uma compilação de nome "Rieffenstahl" com a participação de Allerseelen, só que não consegui descortinar com que tema participa. Há ainda a acrescentar as quatro cassetes referidas (que, com certeza, já estão todas esgotadas), um split 7" com Blood Axis (que se já não está esgotado, está a caminho de se esgotar) no qual participa com a faixa "Ernting" e a faixa "Sturmlieder" no CD de Mental Measuretech - "Songs From Neuropa".









5.4.16

Memorabilia: Revistas / Magazines / Fanzines (201) - Ananana (newsletter/catálogo)


AnAnAnA
newsletter / catálogo - distribuidora/editora
Catálogo
Actualização - Março de 1996
Portugal
12 páginas A6 (A5 dobradas e encadernadas/agrafadas). Em papel de fotocópia a p/b.
Aspecto cuidado.
Lista de discos para venda, muitos com pequenas recensões/descrições.



AMM - AMMusic
ReR (RERAMMCD)   .......   2.990$00
The definitive 1968 recordings complete available for the first time as they were recorded. Plus 35 minutes of extra music from the same sessions. No history of contemporary music is written without reference to AMM, and in particular to these recordings.








4.4.16

Memorabilia: Revistas / Magazines / Fanzines (199) - Ananana (newsletter/catálogo)


AnAnAnA
newsletter / catálogo - distribuidora/editora
Catálogo
nº 1 de 1997
Portugal
30 páginas A6 (A5 dobradas e encadernadas/agrafadas). Em papel de jornal a p/b.
Aspecto cuidado.
Lista de discos para venda.








Memorabilia: Revistas / Magazines / Fanzines (200) - Ananana (newsletter/catálogo)


AnAnAnA
newsletter / catálogo - distribuidora/editora
Catálogo
actualização do Catálogo de 1996
Portugal
24 páginas A6 (A5 dobradas e encadernadas/agrafadas). Em papel de jornal a p/b.
Aspecto cuidado.
Lista de discos para venda, a maioria deles com pequenas recensões/descrições.


GLENN BRANCA    Symphony 8 & 10
Blast First            2990$
Reedição esperada da edição vinílica limitada destas duas sinfonias, tocadas por 8 guitarristas. O som foi descrito como sendo um encontro entre Mahler e Glass... O invólucro é lembrado como sendo de inspiração checa: hipnótico como os seus desenhos animados...





Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...