follow me on Twitter

Post Aleatório

A Carregar...
Gadget by The Blog Doctor.

20.10.13

Livros sobre música que vale a pena ler (e que eu tenho, lol) - Cromo #37: Jorge Lima Barreto - "Rock & Droga - rock/trip 2, antropologia psicadélica e música pop (1974/1980)"


autor: Jorge Lima Barreto
título: Rock & Droga - rock/trip 2, antropologia psicadélica e música pop (1974/1980)
editora: &etc
nº de páginas:458
isbn: N/A
data: 1982 - 1ª edição - 3000 exemplares



sinopse:

Prefácio (de Rui Reininho):
É sempre fácil de apresentar alguém que se conhece bem: «Tenho o prazer de anunciar o maior intervencionista musical, para quem o inimigo é um parasita não-craitivo!! Convosco vai estar durante algumas centenas de páginas, parágrafos e geniais conclusões, Doutor Dramaticus, o fantástico Professor dos Sórdidos Amanhãs, Vidente cuja cristalina bola é uma multifacetada e eléctrica substância de Rock e/ou Produto».
Quero perante esta decente assembleia, confessar a mea culpa: introduzi, inoculei na intranquila residência do dito o mais contagiante vírus desde a década de 50, o Rock e os seus bacilos, contrariando-lhe a sua solidão no meio de 127 pessoas que, por norma, o rodeiam diariamente. Guerrilha urbana de guitarras de baioneta calada, o comandante Verlaine à frente, garboso, infantaria de Stoogges, Stranglers e os estrientes Rotten e Vanien, a pesadíssima carga da brigada Vicious, Patti D'Arc atolando os seus inimigos nas suas podridões mesntruais, Blondie aparecendo aos soldados, dando-lhes «forças».
Mas a grande vitória foi a do Valente Flash que arrumou definitivamente com os adeptos de Arbória e suas plantas neo-psicadélicas conquistando a residência de Mr. Lima Barreto.
Atrás, as nossas hostes eram compostas pelas mais repugnantes criaturas amorais, vendidas e vencedoras, cruéis e sofredoras, os suicidas esquizo coldwavers, pós-punks com os músculos retesados, dentes cerrados, snifados vindos da praia, alguns chuis e denunciantes camuflados, órfãos ideológicos, desterrados que apenas de seu tinham o tempo, essa suprema alienação, esse luxo.
Rock & Droga (R./Trip 2) é uma nova colectânea de vivências, um snooker de milhares de buracos, onde as multicoloridas bolas caem para niilisticamente regressarem aos respectivos úteros. Desvio & plagiato de emoções, com as quais se brinca, trituradora de sentimentos. J.L.B. aparece Iacchus resplandecente, puro servidor de alguma divina instância, rejuvenescendo pelas mais mágicas-negras práticas: está aqui mesmo ao lado o fantasma de Alister Crowley que me lemebra "STAB YOUR DEMONIAC SMILE TO MY BRAIN / SOAK ME IN COGNAC LOVE AND COCAINE" Cada disco, todos os shows, alguns momentos puramente eléctriocos referidos ao longo da aventura que ides (disse o pároco) ler em Rock & Droga estão criteriosamente citados nos manuscritos do Mar Morto, nas escamas dos brontossáurios, na explosão inicial que deu origem à Vida (e às vidas - e às gentes da vida), o não-cósmico FLASH primordial, o que Lovecraft chamou a primeira das 7 Portas: Este é o 2º Rock/Trip, abram a consciência - ou percam-se - o mais certo é já não conseguirem fechar qualquer das vossas portas. Desapertem os cintos, fumem, boa viagem.........................................................
                                                                RUDY ROMEO / RUI REININHO






Sem comentários:

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...