follow me on Twitter

Post Aleatório

A Carregar...
Gadget by The Blog Doctor.

19.12.14

Memorabilia: Revistas / Magazines / Fanzines (9) - Mondo Bizarre - Nº 7 - Maio de 2001


Mondo Bizarre
Nº7
Maio de 2001
Revista Trimestral - Portugal

Prosseguindo com a divulgação da Mondo Bizarre...

A apresentação deste fanzine / magazine / revista já foi feito neste post.

 Rough Trade

A Lojinha Das Delícias

Será que estamos todos a ficar saudosistas? Ou é mesmo normal este recuperar do passado recente? Cada década recuperou a anterior e agora que até as revistas de moda estão pejadas de figurinos que misturam o punk com as mais atrozes roupas dos anos 80, "Rough Trade Shops, 25 Years" é a caixa certa na altura certa.









Portobello Road, Camden Market. Nomes onde a música popular britânica e em especial o círculo londrino à volta do punk, da new wave e de todas as modas que se seguiram gravitava.
Durante anos, os portugueses não sabiam o que eram lojas de discos em segunda mão ou feiras de discos. Conheciam a Vandoma, a Feira da Ladra, e os mais afortunados iam a Londres e voltavam cheios de discos. Agora, claro, já todos compramos discos em segunda mão, e vimos o "Alta Fidelidade".
Um dos lugares ideais para comprar singles, 10", LPs de todos os géneros e feitios era (é) a Rough Trade. A Rough Trade começou quando Geoff Travis comprou o recheio de uma loja de discos e com ele abriu, em 1976, uma discoteca ali mesmo no número 202 da Kensington Park Road, pertinho de Portobello.
Não tardou que a loja começasse a receber visitas de gente cujos nomes não tardariam a tornar-se conhecidos: Mick Jones, Steve Jones, Nick Kent. O último era já jornalista do New Musical Express, os outros dois tornaram-se membros dos Clash e Sex Pistols.
Da loja às edições foi o passo seguinte. E é nesse contexto que, fora de Inglaterra, a Rough Trade se tornou mais conhecida. "Rough Trade Shops, 25 Years", dos Cabaret Voltaire e por toda a discografia dos Smiths, que foram, sem dúvida a banda que tornou a editora mais conhecida ou por discos dos Young Marble Giants, Go-Betweens, Buzzcocks e Sugarcubes.
Mas tanto a loja, hoje em dia situada na Talbot Road, evoluíram e foram acompanhando os tempos. Por isso, não admira que também os Chemical Brothers, Lemmon Jelly, Peaches, Clinic ou Echoboy façam parte desta caixa.
E claro, a par dos caixotes cheios de vinil, dos discos promocionais, do velho ar de loja de discos, a Rough Trade não perdeu tempo e pode também ser encontrada on-line. Quem quiser ter uma ideia, ainda que virtual, pode dar uma espreitadela em: www.roughtrade.com

Hugo Moutinho




Sem comentários:

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...