follow me on Twitter

Post Aleatório

A Carregar...
Gadget by The Blog Doctor.

12.3.15

Memorabilia: Revistas / Magazines / Fanzines (44) - Nova Ordem - Nº 1 - Setembro de 1988


Nova Ordem
Fanzine
Nº1 - Setembro 88
8 páginas A4 p/b
com poster publicitário
Edição (limitada?) numerada - a minha é a 21.





Nova Ordem
Local de Venda
Loja A MODA
Praça da República
4950 Monção

Venda avulso (50 escudos)
copyright Eiriz 88

Venda postal
mediante o envio de 100 escudos para
Vasco Eiriz
Nova Ordem
Quinta da Oliveira
4950 Monção

Agradecimentos
Cristina Vale
José Justino
António Pena

Contacto Nova Ordem
Vasco Duarte Eiriz de Sousa
Quinta da Oliveira
4950 Monção

Temas:
Young Gods
Death In June
Werner Herzog
poema de Álvaro de Campos
letras dos Pop Dell'Arte

Death In June




Os Death In June, banda de contornos pouco nítidos, são, desde 1986, um projecto a solo de Douglas Pierce.
Fundados em 1980 por Douglas Pierce e Tony Wakeford (originários dos CRISIS), os DEATH incorporariam em 1981 Patrick Leagas (vindo dos RUNNERS). Em 1983 a banda transforma-se num quarteto após a entrada de Richard Butler.
Caracterizados desde o seu início como sendo portadores de um som extremamente militarista, os DEATH IN JUNE são comummente conotados com a extrema direita. A propósito refere Patrick Leagas:
"... os nossos compatriotas limitam-se a afirmar que somos fsceistas, só pelo nosso aspecto enquanto que os europeus olham "para dentro" dos DEATH IN JUNE, "para dentro" da nossa música, em vez de tirarem falsas conclusões. Penso que onde os DEATH IN JUNE vendem mais discos é em Itália..."
Sobre o seu aspecto refira-se que a banda raramente actua ao vivo tendo as suas poucas prestações em público sido bem recebidas. Mas outros indícios talvez nos ajudem a compreender um pouco melhor os DEATH. Antes de mais, a principal razão do seu nome parece residir nos acontecimentos da noite de 30 de Junho de 1940 na Alemanha Nazi onde forças das SS aniquilaram oposicionistas internos do partido. Um símbolo pacifista invertido e uma caveira semelhante ao símbolo de uma divisão Panzer são conjuntamente com fotografias de militares alguns dos adornos dos seus discos.
Mas os DEATH IN JUNE são acima de tudo um projecto musical cujo som é fundamentalmente caracterizado pela sua força épica alternado por um lirismo que nos empurra para uma percepção do pangermanismo. "Brown Book" é por exemplo um cãntico germânico; "Runes and Men" alia o esplendor lírico da voz de Douglas com uma voz de fundo em alemão (algum General SS ?); "She Said Destroy" possui um poder inconfundível de comunicação.
Enquanto os DEATH IN JUNE, que continuam sendo objecto de culto, se desenvolvem so a alçada de Douglas, Patrick trabalha desde a sua saída da banda no projecto por ele fundado com o nome de SIXTH COMM. Tony Wakeford é membro dos SOL INVICTUS ("The law of the strong. This is our law and the joy of the world").
V.E.

Contacto DEATH IN JUNE
BM JUNE
LONDON
WC 1N 3XX
ENGLAND






Sem comentários:

Posts Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...